domingo, novembro 30, 2008

Anos 90





Os Restos da Floresta "estudos"
Desenhos a grafite sobre papel
21x15


sábado, novembro 29, 2008

Anos 00

A Palavra 8

A Palavra aprisionada
Pintura a óleo sobre tela
81x65

sexta-feira, novembro 28, 2008

Anos 90







Os Restos da Floresta"estudos"
Desenhos a grafite sobre papel
21x15

quarta-feira, novembro 26, 2008

Anos 00




O poeta Bexiga e a sua bicicleta estudos
Desenhos a grafite sobre papel
30x21

segunda-feira, novembro 24, 2008

Casamento Cigano 4

O Bolo de noiva


domingo, novembro 23, 2008

Anos 00



O Bexiga "estudos"
Desenho a grafite sobre papel
30x21

quinta-feira, novembro 20, 2008

terça-feira, novembro 18, 2008

Anos 00



O poeta Bexiga estudos do rosto
Desenho a grafite sobre papel
30x21

segunda-feira, novembro 17, 2008

domingo, novembro 16, 2008

O Casamento Cigano 2ª parte


Actualmente estamos habituados a ver o casamento num ritual de festa comedido, marcado por actos que se adivinham e que se repetem como fotocópias. Talvez nos surpreenda assistir à festa duma cerimónia fora do sala cuidada, composta de jarras de flores e mesas marcadas com o nome de cada qual.

sábado, novembro 15, 2008

Anos00

O poeta bebendo a "nossa senhora"



O Poeta Bexiga (estudos)
Desenhos a grafite sobre papel
29x21

sexta-feira, novembro 14, 2008

Dei por mim, hoje,a pensar assim:

Diz a teoria, ou Lenine se não estou em erro, não me atormenta citar estes nomes com um sentimento de devedor! que mais aprendem de politica as massas numa greve ou numa manifestação, ou seja, em qualquer luta concreta, do que em anos de esclarecimentos.

É do conhecimento que a teoria liberal aponta para a individualidade como valor supremo, a sociedade existe dum modo secundário, ou, (a sociedade não existe dizia a Tacther), não existindo a sociedade o individuo faz-se a si próprio; não sou de ninguém, nasci livre etc. diz a música, mais ou menos.

Daí resulta em pedagogia que o aluno não tem nada que aprender com os outros, ou seja com os professores, eles os alunos só têm que descobrir dentro de si o que querem e o que desejam, e como o que desejam em ultima instância é sobreviver como individuo, num lugar onde não existe sociedade a concorrência está para o individuo como está para a mercadoria: tens que ser melhor ou então morres aí na rua.

Porquê? porque não quer trabalhar ou porque não quis aprender -olha òh malandro, dizia o pequeno latifundiário para o poeta cá da sitio, o Bexiga, quando via de manhã a pessoa do poeta deitado no chão ainda na ressaca da bebedeira do dia anterior, ao que o poeta respondia : - até dum desgraçado têm inveja!

A única coisa que a escola pública tem que fazer então é preparar os alunos para a concorrência ou seja o mercado de trabalho.

Como já dizia Marx, se não me engano, em tempos de crise numa sociedade capitalista a primeira coisa a ir pela borda fora é a cultura, transposto isto para as políticas educativas quer isto dizer que a educação não interessa, só serve para aumentar os nossos impostos.

Quem os consome? os professores a quem se atribui a culpa de não saberem ou estarem-se nas tintas para fazer algum esforço, os alunos que reprovam etc. Em suma, os excessos que o sistema permite e não devia permitir; porquê ?

-porque é preciso tornar a escola pública rentável economicamente , e, a preparar macacos que trabalhem muito, bem e barato; logo aos alunos - não é preciso reprovações até ao 9º ano, a politica educativa; aos professores é preciso acorrentá - los à escola, política correccional .

Assim matam-se cinco coelhos numa cajadada: diminui-se as estatísticas do insucesso, aumentam-se os lucros no trabalho, poupa-se nos impostos, há um bode expiatório ( os professores estão sempre em férias, os funcionários do estado não fazem nada.) aumenta -se a rentabilidade em Bolsa, e ainda se arranjam uns trocos para construir linhas de alta velocidade.

Para quem? para as 50 famílias mais ricas do mundo auferirem tantos rendimentos como 500 milhões de pessoas mais pobres. Dados da ONU.

Saudações aos "moralistas e aos legalistas"

quinta-feira, novembro 13, 2008

Anos 90




Estudos para esculturas" Restos da Floresta"
Desenhos a grafite sobre papel
21x15

Nem tudo o que parece é




O fim do "Fim da História" chegou: mas não é o Obama que vai mudar o Mundo, o Mundo é que está a mudar.


Ps. dei por mim, hoje , a pensar assim.


terça-feira, novembro 11, 2008

O Casamento Cigano


Actualmente estamos habituados a ver o casamento num ritual de festa comedido, marcado por actos que se adivinham e que se repetem como fotocópias. Talvez nos surpreenda assistir à festa duma cerimónia fora do sala cuidada, composta de jarras de flores e mesas marcadas com o nome de cada qual.

segunda-feira, novembro 10, 2008

Anos00

O Rosto do Bexiga (esboço)
Desenho a grafite sobre papel
30x21.5

O Bexiga empurrando a "pasteleira" (esboço)
Desenho a grafite sobre papel
30x21.5


O Bexiga segurando a sua "pasteleira" (esboço)
Desenho a grafite sobre papel
30x21.5

sábado, novembro 08, 2008

Anos00

O poeta Bexiga sentado no chão.Foto tirada do livro


O Rosto do Poeta e a sua bicicleta a "pasteleira"
Desenhos a grafite sobre papel
30x21.5

sexta-feira, novembro 07, 2008

Anos00




O Bexiga escrevendo
Desenho a grafite sobre papel
30x21.5


O Bexiga com uma carga de berbigão na bicicleta
Desenho a grafite sobre papel
30x21.5


A Junta de Freguesia de Sª Bárbara de Nexe homenageou o poeta
no mês de Maio de 2008 editando a sua poesia conhecida até à data em livro como se vê na capa acima.
Convidado a dar o meu contributo para a ilustração fi-lo com todo o agrado, pois com a pessoa em causa fui algumas vezes cúmplice de conversas. Frequentador do Sítio dos Gorjões, bebendo as suas "nossas senhoras" pelas tabernas e vivendo do "rabisco" e da venda do berbigão apanhado na ria de Faro que trazia nas canastras presas à grelha da bicicleta, a "pasteleira", e ainda da venda das "Quadras" nas feiras, o Bexiga, como era conhecido, viveu na dignidade da e para a poesia que sabia fazer.
Deste convite resultaram alguns desenhos e esboços que irei postar.

quarta-feira, novembro 05, 2008

Anos 7o

Em cima e debaixo da mesa
Desenho à pena sobre papel
12x8


O céu debaixo da mesa
Desenho à pena e lápis de cor sobre papel
12x8


Com a mesa sobre rodas
Desenho à pena sobre papel
12x8

terça-feira, novembro 04, 2008

O Baterista Erc


O neto da "Chica" o Erc por vezes vem ver a avó:...

segunda-feira, novembro 03, 2008

Anos90



Construção de um espaço
Desenhos a grafite sobre papel
15x10

domingo, novembro 02, 2008

Anos 7o



Volume e contravolume
Escultura em itong
35x35x35

sábado, novembro 01, 2008

Anos90


Construção de um espaço
Desenho a grafite sobre papel
12x9