quinta-feira, julho 30, 2020

A eternidade é um instante

A eternidade é um instante V



Adão e Romeu no Jornal do Pau - Gorjões - 28.07- 2020


Dizer do instante
a flor na lapela do tempo

Sorriso do vento
sobre o verde

Flor rosa do eloendro
e a ideia de quanto

O verde tempo
é quebranto - porquanto!


 

domingo, julho 19, 2020

ANOS 70


A Manifestação  (quadro restaurado 2020)
Pintura a óleo sobre tela
106x168

   

Estudo 2020
Desenho a grafite sobre papel
21x29 



enfeitar-me do meu caminho
como se fosse uma rosa alada
-estar vivendo no meu cantinho
ir com o outro pela estrada -

 
Ver o quadro antes do restauro
 http://margemdois.blogspot.com/2006/12/anos-70_116639344475700833.html


terça-feira, junho 16, 2020

Anos 20


 Leitura Furiosa IV

  Estudo para auto retrato série II - 12/XII
Desenho a grafite sobre cartão 
28.5x41  Maio 2020 

Perdido no vale


Perdido no vale
encontrado no chão
- meu berço no andar
meu pousar da mão


Minha onda de silêncio
neste andar inquieto
- caminhar sem peso
por esse vale aberto


Meu estio de viajem
em abundância de chão
- crescer antes da linguagem
despir o verde coração



sexta-feira, maio 29, 2020

O algoritmo da palavra



Pequenos Grandes Livros  editorausência

Imagino um deserto
que seja apenas um grão de areia 

a palavra uma brecha acústica 
exposta ao sol 

imagino  imagino  imagino 
preso ao chão como uma estátua 







sábado, maio 16, 2020

Anos 20

Leitura Furiosa II e III



 Estudos para auto retrato - série II - 5 e 6 / XII
Pintura a lápis de cera e guache sobre cartolina 
29x36 - 29x39 Maio 2020


O teu longo quintal
abre-se ao vento

A esquina da parede 
constrói o silêncio

O ar verga-se aos olhos
nos caminhos da terra


terça-feira, maio 05, 2020

Anos 20


Dia Mundial da Língua Portuguesa 
Leitura Furiosa I

 Estudo para auto retrato  - série II - I/XII
Desenho a grafite sobre papel  Bloco de escrita e desenho
14x20 Abril 2020 
Flor intensa
é um abismo sem dor 

casa solene
suspensão de um adeus

veste o sonho das labaredas em trânsito

sobre a terra 
e da terra
um passo é a nossa foz


segunda-feira, abril 27, 2020

Outro mundo é possível

Outro mundo é possível XIX

 
Instalação - Paisagem com pessoa dentro - Quadro 15/XXVIII - 2020
29x19 – Pintura a óleo e tronco de árvore sobre tela


Gostava tanto
De me encontrar contigo
Tocar-te no olhar
Com o meu olhar

Ouvir em silêncio
O teu silêncio ouvido
Aclarar a luz que anda no ar

Teu olhar dói na luz perdida
Teu rosto desassombra este momento
- passar os dias sem despedida
acordar aos ombros deste pensamento


quarta-feira, abril 22, 2020

Anos 20




Deixa o rabo no cadeirão -  Pintura a guache sobre cartolina - 44x62 - 2020




domingo, abril 12, 2020

Outro mundo é possível


 Outro mundo é possível XVIII
agudo silêncio IV

Fique em casa - Pintura a guache e lápis de aguarela  - enquadramento compósito - 44x61.5 - 2020 
não sei porque me tiraram a imagem......a pintura é da minha autoria


Ontem de açúcar nos dentes
caminhei sem amargura

Pelas nossas vozes
terra de um amanhecer solitário

Nos círculos abertos que nos cercam
- aquele, - quero!-
de um fruto pesado

O volume do cuspir que desagua
na terra
o silêncio do plástico no sangue 
a mingua de um prazer sem casca  
sobram deste corpo suado e colorido


 

sábado, abril 04, 2020

Outro mundo é possível


 Outro mundo é possível XVII



GAZETA DE POESIA INÉDITA



04
Abr20

ADÃO CONTREIRAS - DAS PALAVRAS SEM ABSOLUTO

 
Pequenas
Doces
Perfumadas
Encostadas a um inverno de cabeceira

Rolam

Trazem a alegria no ventre
De manhãs rústicas

Urze
Oliveira
Folhas
Verde
Alfazema

Vestem o silêncio dos acontecimentos

Prisão
Dor
Trabalho
Cegueira

Para que do seu murmúrio subam ao íngreme deserto

Rastejam
Assobiam
Escondem-se
Inventam-se

No subsolo dos passos trémulos
Delirantes de um orgulho sem memória

Infectam
Mijam
De raízes ácidas
Vomitam

No cuspo silente e doloroso
A voz estremece

No ar fica uma nuvem de sentinelas
Combustão do corpo alado

Urze
Oliveira
Folhas
Verde
Alfazema

Beber
Construir

https://gazetadepoesiainedita.blogs.sapo.pt/adao-contreiras-das-palavras-sem-184032





segunda-feira, março 30, 2020

Outro mundo é possível


 Outro mundo é possível XVI
  agudo silêncio III

Globalização - estudo para pintura  Guache sobre papel   24x38   2020 


    Se eu fosse o outro sem o saber
Sem ser aquele que o saberia
 Sem saber o que o outro seria 
           - Ai que saudades que eu disso teria –

            Quadra feita a sonhar, cantarolando:04.10.18 - 4h da manhã